Objetivos de desenvolvimento Sustentável x Programa Educativo Anne Frank

Alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, o Programa Educativo Anne Frank, implementado pelo Instituto Plataforma Brasil, com base na metodologia da Anne Frank House, tem conquistado um papel de destaque mundial com o trabalho realizado em escolas privadas e públicas (estaduais e municipais) país afora.

Objetivo 4, Educação de qualidade – Assegurar a educação inclusiva, e equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos.

Este objetivo envolve todos os níveis educacionais, desde a primeira infância até a vida adulta, e tem como uma das suas metas garantir que a educação seja viável para todas e todos, sem discriminação de gênero.

A Casa Anne Frank promove atividades educativas e culturais há mais de quatro décadas e desenvolveu ao longo de anos um conjunto de exposições e programas de altíssima qualidade com grande apelo para jovens, alinhados às idéias mais recentes no campo da educação.

A oferta das ambiências educativas (exposições, ciclos de diálogos, oficinas e treinamentos) para escolas,com temas como a promoção de respeito mútuo, democracia e o combate à discriminação e preconceito,traz às crianças e jovens a possibilidade de novas perspectivas dentro e fora da sala de aula. Além disso, proporciona para as escolas a possibilidade de trabalhar de forma transversal os diferentes conteúdos, favorecendo, nessas escolas, o desenvolvimento de novas práticas, como, por exemplo, a educação entre pares, que incentiva o protagonismo juvenil.

As atividades do Programa Educativo Anne Frank foram desenvolvidas para todos os grupos de idades, com material e linguagem adequados para cada faixa etária. A metodologia utilizada desperta e chama os jovens e adolescentes para ação, tornando-os os principais protagonistas das atividades. A educação de pares permite a formação de monitores capacitados, críticos, interativos e ativos na exposição e que podem encorajar outros a se envolverem também. A participação, como mediadores/educadores de exposição, permite que aprendam ainda mais sobre a história de Anne Frank, sua família e os eventos históricos, bem como desenvolvam sua habilidade de comunicação/diálogo e criem ambientes de troca e aprendizado com o público visitante.

Objetivo 5 – Discussões atuais da sociedade: a igualdade de gênero. Assim, visando à erradicação de todas as formas de violência contra meninas e mulheres. 

Com a prática de educação de pares, os diálogos promovidos pela Rede Jovem Anne Frank e as reflexões propostas pelas atividades educativas, levamos jovens e toda a comunidade a assumirem papéis de protagonismo na construção de uma sociedade mais justa.

Tendo Anne Frank como uma referência feminina de superação e esperança, jovens de todo o mundo são inspirados por sua coragem, engajando-os a um processo de empoderamento com grande participação feminina, dando voz e espaço para a garantia de seus direitos. Dessa forma, Anne Frank torna-se um poderoso exemplo do impacto que uma jovem é capaz de gerar.

Objetivo 10 – Redução das Desigualdades. Aqui, é importante destacar que quando se fala em reduzir desigualdades, não se trata apenas de promover uma melhor distribuição de renda dentro das nações ou de romper com os privilégios comerciais de nações ricas em relação às mais pobres.

Reduzir desigualdades é, também, estreitar os laços entre as pessoas que ocupam os territórios do planeta, sejam elas nativas ou imigrantes. A xenofobia é um problema grave, causador de diversas violências, e que faz com que várias pessoas se vejam marginalizadas e com menos oportunidades, somente por serem de um território ou etnia diferente.  

Todo o trabalho educativo da Casa Anne Frank promove o combate à discriminação, racismo e antissemitismo e valoriza o diálogo, a compreensão e o respeito mútuo. Com base nos 3 Rs – Relembrar, Refletir e Reagir, mostra-se a partir da história de Anne Frank as graves violações que podem acontecer contra a humanidade se não cuidarmos diariamente da nossa relação com o outro.

A Rede Jovem Anne Frank/Anne Frank Youth Network une jovens de diversas partes do mundo e de diferentes classes sociais numa rede mundial de ajudantes, que trabalham em conjunto para promover uma sociedade que respeita e honra os direitos humanos e garante as liberdades essenciais para todos.

Objetivo 11 – Cidades e comunidades sustentáveis: Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis.

O Instituto Plataforma Brasil e o Programa Educativo Anne Frank – PEAF trabalham a partir de um modelo inédito de desenvolvimento local que é composto por cinco movimentos: Aproximar, Conectar, Empreender, Consolidar e Sustentar.

Este modelo começa com o reconhecimento, a valorização e engajamento das pessoas envolvidas e,gradualmente, transforma toda a comunidade de forma articulada e motivada para implantar mudanças sociais e ecológicas importantes para seu bairro, município, região, país e planeta.

Os jovens têm papel fundamental nesse processo, pois são os protagonistas das mudanças transformadoras e desenvolvem as competências empreendedoras, requisitadas para a resolução de problemas, impactando positivamente as comunidades. Trabalham em parceria com os adultos, envolvendo diversos setores, gerações e culturas e contribuem assim para cidades e comunidades sustentáveis.

O Programa Educativo Anne Frank – PEAF fomenta vivências baseadas na cultura de paz, multiculturalismo e cultura cross sector, a fim de promover sociedades mais pacíficas, justas e inclusivas. Além disso, o empoderamento das crianças e jovens, muitos em situações vulneráveis, e as oportunidades de aprendizagem, oferecidas pelo PEAF, permitem que adquiram conhecimentos e habilidades necessários para explorar oportunidades e participar plenamente da sociedade, exercendo seus direitos e as suas capacidades, combatendo as desigualdades e contribuindo para a construção e o desenvolvimento social e sustentável de comunidades. 

O Programa promove ainda a compreensão intercultural, a tolerância, o respeito mútuo, a inclusão social e uma ética de cidadania global e responsabilidade compartilhada, reconhecendo a importância da diversidade e do poder de contribuição de todas as pessoas e culturas para um desenvolvimento sustentável.

Objetivo 16, . Paz, justiça e instituições eficazes – Promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis.

O Programa Educativo Anne Frank traz em seus projetos e atividades a divulgação e promoção da Declaração Universal de Direitos Humanos, a partir da história que levou a sua construção.

Além disso, encorajamos políticas não discriminatórias, com atividades e ações que incentivam o respeito mútuo, a inclusão de todos e a valorização da diversidade em parceria com empresas, instituições e governos, em escolas, universidades e espaços públicos, numa escala cada vez maior no Brasil (já contando com 6 HUBs ou Núcleos por todo o país), fazendo com que as ações Anne Frank no Brasil sejam as que mais impactam no mundo dentro da rede internacional Anne Frank.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s