Go Alemoa Go 2019

Ao longo de 2019, o Go Alemoa Go levou a frente a transformação da comunidade Alemoa, em Santos.

Com um grupo de jovens empoderado, a partir das atividades culturais e esportivas realizadas no local, que uniram metodologias do Programa Educativo Anne Frank e do Cruyff Court Ermelino Matarazzo, o Go Alemoa Go ganhou destaque mundial com o WeConnect Award, sendo reconhecido como o melhor projeto de desenvolvimento social realizado pela Vopak durante o ano de 2019.

As ações em 2019 potencializaram o trabalho realizado nos anos anteriores e finalizaram com um programa de geração de renda, desenhado pelos jovens locais a partir do Laboratório do Futuro, de onde despontaram três sonhos de melhoria e inclusão produtiva para a comunidade.

Tudo isso só foi possível a partir do desejo da juventude em transformação. Nas duas escolas da região, Padre Bartolomeu de Gusmão e Oswaldo Justo, as exposições ‘Deixe-me Ser Eu Mesmo’ e ‘Anne e Nanette’ trouxeram novas perspectivas educativas à comunidade escolar.

Na primeira, a escola estadual Padre Bartolomeu de Gusmão, a participação ativa dos jovens, que receberam uma formação sobre o tema Segunda Guerra Mundial e Holocausto trouxe a importante reflexão sobre problemas ainda muito presentes na atualidade, como o preconceito e a discriminação e a necessidade de promover respeito mútuo, democracia e direitos iguais para todos.

A atividade movimentou a rotina escolar e proporcionou a abertura para outras ações extracurriculares, além da aproximação entre professores e alunos.

Ainda, os jovens puderam contar com uma emocionante visita e palestra ministrada pelo sobrevivente ao Holocausto, Sr. Louis Frankenberg que contou aos presentes – jovens, professores e convidados, sobre sua memória em meio aos horrores da Segunda Guerra

Na escola municipal Oswaldo Justo, os alunos também puderam refletir sobre os perigos da intolerância, recordando a história de Anne e sua amiga Nanette ao resgatar momentos importantes de suas próprias vidas.

O papel dos jovens, sempre destacado frente ao envolvimento de toda a comunidade em relação ao projeto, também foi importante no desenvolvimento das atividades esportivas, com o time de futebol feminino que se formou. Sempre prontos a ajudar, o grupo participou da revitalização do espaço onde acontecem as atividades esportivas, mobilizou moradores na ação e integrou todos na busca de melhorias para o bairro.

Nomeados como Rede Jovem Anne Frank Santos, a segunda a se formar no país, o grupo participou de uma série de eventos ao longo do ano, como apresentações teatrais, visitas, monitorias e oficinas – de grafite e contação de histórias. Em junho, esteve reunida com integrantes de dois outros grupos da Rede – Cabreúva e Belo Horizonte, em um importante evento de homenagem à Sra. Nanette Blitz Koning realizado em São Paulo, no dia que  Anne Frank faria 90 anos.

Com o crescimento de suas atividades, os jovens sentiram a necessidade de terem um espaço físico próprio, onde pudessem realizar suas atividades com mais conforto. Foi aí que, com a ajuda da comunidade e do Instituto Plataforma Brasil, que nasceu o Espaço Rede Jovem Anne Frank. O novo espaço ganhou decoração especial, como parte da conclusão da oficina de grafite, que levou a arte urbana para as paredes do Espaço Rede Jovem Anne Frank e também para a comunidade através da confecção de um mural.

A criação do espaço novo demonstrou o compromisso do Go Alemoa Go com a continuidade de suas ações e trouxe ainda mais credibilidade para as atividades desenvolvidas no decorrer do ano. 

Com o fortalecimento dos laços com os moradores da comunidade, em especial a partir do trabalho desenvolvido pelo coordenador do Go Alemoa Go, Marcelo Luiz da Silva e a educadora Suely Araújo, também moradora do Alemoa, foi possível abrir caminho para novas parcerias com o poder público, como a inscrição de um projeto via emenda parlamentar por meio do vereador Braz Antunes.

Também foi, a partir desta relação de confiança mútua, que o Instituto Plataforma Brasil viabilizou uma parceria com a empresa Philips – Signify, que doou refletores de LED de última geração que foram instalados na quadra esportiva que fica em ponto estratégico da comunidade. 

Com a ação, além de proporcionar a possibilidade de atividades esportivas e culturais no período noturno com qualidade, a iluminação trouxe segurança aos moradores que podem agora usufruir do espaço público coletivamente.

Por fim, com os olhos voltados para a sustentabilidade de tão importante projeto e da necessidade de continuidade de suas ações por meio da inclusão produtiva dos moradores, foi realizado o Laboratório do Futuro – oficina feita com jovens e uma equipe gestora, conduzida pelo consultor André Martinez. A atividade trouxe à tona os sonhos de transformação da juventude. Suas ideias de melhoria para a comunidade se transformaram no Residência Criativa, projeto de pesquisa, desenvolvimento e incubação de empreendimentos sociais que terá continuidade no decorrer de 2020 a partir de três trilhas desenhadas pelos jovens, nas seguintes áreas: Educomunicação e Arte Comunitária, Virada Jovem e Requalificação Urbana e Habitacional.

E não é só isso. Para 2020, uma série de atividades está prevista, proporcionando para toda a comunidade o impulso para uma transformação local sólida e sustentável.

Todo esse movimento de mudança na comunidade Alemoa só está sendo possível graças ao investimento da Vopak e WeConnect que desde o inicio acreditou na força do projeto e da comunidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s